Conversações

Conversações Definição

Definição

Interações verbais entre humanos envolvendo conceitos concretos e abstratos para a elaboração de conteúdos individuais de percepção da realidade.

Em seu modelo mais evoluído a conversação segue um fluxo dinâmico e harmônico onde duas ou mais pessoas apresentam seus pontos de vista na construção de um aprendizado conjunto.

Uma conversação bem-sucedida transcorre em um equilíbrio de interesses pessoais pela relevância do assunto e termina com uma agradável sensação de conhecimento construído colaborativamente.

Significado

A conversação é a base da Aprendizagem Informal. Sem dúvida é a mais poderosa ferramenta de interação social existente. A troca de experiências através de conversações teve um indiscutível papel na evolução e sobrevivência de nossa espécie. O homem conversa desde os tempos da caverna, trocando experiências, desenvolvendo vínculos e elaborando suas reflexões em grupo.

Uso e finalidade

A conversação é a célula básica da socialização. Através das conversações as redes sociais se estabelecem e se realizam. A conversação permite a troca de conhecimento tácito (prático) entre as pessoas e funciona como meio principal de construção de conhecimento dentro das comunidades.

Os discursos orais, principalmente nas empresas, são extremamente limitados em suas formas. Podemos listá-los em: pedidos, recusas, consultas, resoluções, perguntas, comentários, resoluções e assentimentos, geralmente utilizados exclusivamente em um contexto de produção, quase nunca em uma situação de aprendizado.

Conversa + Ação

A conversação, quando acontece de modo intenso e verdadeiro, geralmente nos leva à ação. O conhecimento construído em uma conversação motiva, mobiliza e instiga os participantes a quererem mais, buscando novas experiências para enriquecer e alimentar o processo.

Converse

se entendeaprendecresceesclarecese divertetroca
resolveconheceexplicadivulgadetalhaequilibra
criaharmonizaconfiadebatemudadiscorda
relaxarevivereúnecombinaalinhaconcorda
percebecompartilhaanimaavaliasonhaensina
comparaanalisaconstróese abreconfraternizasupera

Característica da conversação

  • Conversa franca, aberta e assertiva
  • Cada um fala e ouve na mesma proporção
  • Sem justificativas, prevenções ou defesas
  • Sempre buscando pontos de empatia com a percepção do outro
  • Trocando o julgamento pela complacência
  • Apresentando informações específicas e não genéricas
  • Pontuando com críticas construtivas e elogios autênticos

Atitudes na conversação

PretenderEvitar
SinceridadeDesconfiança
TolerânciaIntolerância
CortesiaMá educação
Bom humorMau humor
ConfiançaTemor
EntusiasmoApatia
FlexibilidadeRigidez
PersuasãoImposição
NaturalidadeVaidade
VivacidadeMonotonia
HonestidadeDesonestidade
Auto-regulaçãoDescontrole

Links externos

Notícias de Rio Largo

World Café Princípios

World Café Método de Reunião

World Café é um método organizacional fácil para fomentar e criar uma rede de diálogos colaborativos em torno de questões que importam para situações de trabalho ou causas comunitárias e sociais.

O método é realizado para diferentes contextos desde se propor a encontrar uma solução para uma questão específica à contextos amplos como objetivos estratégicos, de liderança ou de criatividade.

São aplicaveis em ambientes corporativos privados, governamentais e comunitário-sociais.

Diferenciais do World Café

Reuniões no estilo World Café se diferenciam por sua dinâmica provocativa o que permite os envolvidos encontrar novas maneiras de fazer a diferença em seus grupos, seja no ambiente de trabalho ou na sua comunidade social.

Issso é possível porque o poder do “conversar” entre as pessoas é tão natural que passa despecebido na vida cotidiana.

Basta analisar o quanto podemos aprender decorrente das diversas interações de conversas e trocas de ideais que realizamos com inúmeras pessoas no ambiente de trabalho, congressos e grupos de convívio social.

Conversas Potencializadas Por Uma Rede Organizada de Conversas

Em um world café o poder decorrente de conversações é potencializado pela organização em rede de pessoas agrupadas, normalmente em mesas ou células de debates.

Cada rodada de conversas é executada dentro de um curto limite de tempo para manter a dinâmica agíl do método e começa com um pergunta ou proposição a ser debatida.

Depois ocorre a alternância dos membros de uma mesa para outros grupos ficando, opcionalmente, uma pessoa no próprio grupo para informar aos novos membros o conteúdo desenvolindo na rodada anterior.

Após um certo número de rodas e com a sinalização de que resultados satisfatórios foram obtidos pelos grupos, os insights são compartilhados com todos por indivíduos indicados de cada grupo.

Organização e Condução de um World Café

Um world café demanda seguir uma série de diretrizes para que o processo do “conversar” dos participantes ocorra de forma prática, organizada e com o engajamento para produzir bons resultados.

Qualquer pesso pode se lançar a realizar um world café, existe material abundante sobre o tema na Internet, no entanto, num primeira vez e dependente da quantidade e criticidade pode-se recorrer a uma consultoria especilizada para realizar ou apoiar a execução.

Mais Informações Sobre World Café

Conteúdo adicional pode ser encontrado nos links abaixo:

Desconferência

Desconferência - Open Space Technology

Descrição

Este é um evento para um número grande de pessoas, geralmente a partir de quarenta.

Todos são convidados a apresentar seus temas ou assuntos de interesse.

Em seguida podemos apresentar alguns formatos já conhecidos para que os participantes organizem suas apresentações.

Entre estes formatos temos: palestra, debate, entrevista, painel, mesa-redonda, apresentação clássica, aula, etc.

Os participantes podem então formatar seus temas, escolher seus formatos, planejar a duração.

Propor seu evento para que este seja lançado em uma grade de programação espontânea, organizada de acordo com os espaços disponíveis nas salas e áreas adjacentes.

Referências

Os princípios que guiam uma desconferência são diretamente influenciados pelo trabalho do autor e consultor Harrison Owen, que descreve um método de organizar grupos de interação, chamado Open Space Technology.

Owen em seu artigo “Opening Space for Emerging Order”, explica os Quatro Princípios do Open Space:

1) Seja quem for que veio, é a pessoa certa;

2) O que quer que aconteça, é apenas aquilo que deveria ter acontecido;

3) Quando quer que comece é na hora certa;

4) Quando acaba, acabou;

E acompanhando a Lei dos Dois Pés afirmando que, “Se a qualquer momento você encontra-se em qualquer situação onde você não estiver nem aprendendo ou contribuindo – use seus dois pés e dirija-se para um lugar mais ao seu gosto”.

Infraestrutura

Idealmente o evento deve começar em um grade auditório com capacidade para receber todos os participantes. Depois da reunião inicial vários espaços são úteis e necessários ao bom andamento da desconferência. Salas de apoio, áreas de convivência, páteos, refeitórios, bibliotecas, áreas de estar e qualquer canto onde um grupo de pessoas possa se reunir confortavelmente para uma conversação de aprendizado.

Aquário

Método de Reunião Fishbowl - Aquário

Aquário (do inglês Fishbowl) é uma forma de conversação que pode ser utilizada para discutir um tópico com grandes grupos. Conversações aquário são geralmente utilizadas em eventos participativos como os que utilizam tecnologias sociais relacionadas ao Open Space. A principal vantagem do aquário é que ele permite que um grupo inteiro participe e dê sua opinião.

Método

Quatro ou cinco cadeiras são colocadas em um círculo central. Este círculo é o aquário.

As cadeiras restantes são colocadas em círculos concêntricos pelo lado de fora do aquário.

Alguns participantes são convidados ou se voluntariam para preencher as cadeiras do círculo de dentro (o aquário), enquanto o resto dos participantes sentam nas cadeiras que estão fora do aquário.

Em um aquário aberto, uma cadeira do círculo central fica vazia. Em um aquário fechado, todas cadeiras são preenchidas.

O moderador ou facilitador introduz um tópico e os participantes do fishbowl começam a discutir o mesmo.

Os participantes ou audiência que estão nos círculos de fora do aquário apenas assitem e prestão atenção na discussão que está ocorrendo dentro do aquário.

Em um aquário aberto, qualquer membro da audiência pode, a qualquer momento, ocupar a cadeira vazia e juntar-se ao aquário.

Quando isto acontece, um membro do aquário tem que se voluntariar e sair do circulo central, deixando uma cadeira livre para que outra pessoa possa participar.

A discussão segue com os participantes entrando e saindo do aquário.

Dependendo do tamanho de sua audiência você pode ter muitas pessoas participando da discussão contribuindo com pouco tempo ou poucas pessoas contribuindo muito tempo para a discussão.

Quando o tempo acaba, o aquário é fechado e o moderador resume (sumariza) a discussão.

Em um aquário fechado, os participantes iniciais discutem durante um certo tempo.

Quando o tempo acaba, quando o tempo acaba, um novo grupo da audiência preenche o aquário (círculo central). Isto se repete até que grande parte da audiência tenha participado do aquário.

Quando o último grupo concluir a discussão, o moderador fecha o aquário e sumariza a discussão .

Benefícios do Método Fishbowl

Uma dos benefícios do aquário é que se adapta muito bem a grandes grupos.

Outra vantagem é que não há distinção dos speakers e da audiência, já que todos têm oportunidade de contribuir.

Por estes motivos o aquário é muito popular em desconferências.